A gangue atearam fogo a carros e explode duas agências bancárias em Santa Branca (SP) – Agência Estado

Foto: Abr Agências do Banco do Brasil e Santander foram alvo de explosões, de acordo com a polícia, Uma quadrilha armada com fuzis invadiram a cidade, fez o disparo aleatório e explosão de duas agências bancárias, na madrugada de domingo (3) em Santa Branca, no Vale do Paraíba, estado de São Paulo. Durante o ataque, os criminosos atearam fogo em quatro carros para fazer a perseguição pela polícia. Os prédios dos dois bancos foram destruídos, mas os ladrões não conseguiram levar o dinheiro. Até o início da tarde, nenhum suspeito havia sido preso. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos chegaram em vários carros e atacaram, ao mesmo tempo, as agências do Banco do Brasil e Santander. Os bandidos atiraram para cima para afastar a polícia e o curioso, assustando a cidade, de 13,7 mil habitantes. Na agência federal, na rua Independência, os bandidos explodiram o caixa eletrônico e o cofre, mas o valor roubado não foi informado. Um explosivo deixado pelos criminosos, foi resgatado e detonadas por policiais do Gate (Grupo de ações Táticas Especiais) da PM. Na agência do Santander, na Praça Ajudante Braga, os assaltantes explodiram os caixas, mas não foram capazes de ter acesso ao dinheiro. Durante a ação, os criminosos queimaram quatro veículos, na ponte da rodovia Nilo máximo, o acesso a Inning. Eles também atearam fogo a um bambuzal, as margens de acesso para Salesópolis, para dificultar a ação da polícia. Só este ano, no Vale do Paraíba, 12 agências foram atacados com explosivos por parte de grupos criminosos. Segundo a secretaria de Segurança Pública, o roubo no banco estão caindo no Estado. Foram 16 de janeiro a abril deste ano, contra 44 no mesmo período do ano passado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*